Câmara Municipal de Lisboa recolhe donativos para ajudar Moçambique

Face à dramática situação que Moçambique tem estado viver nos últimos dias após a passagem do ciclone Idai, a Câmara Municipal de Lisboa vai conceder um apoio de 150 mil euros, havendo igualmente disponibilidade imediata de envio de equipas multidisciplinares de técnicos para apoio a necessidades básicas no terreno.

A Câmara Municipal de Lisboa apela também à solidariedade de todos para com aquele país da nossa Comunidade de Língua Oficial Portuguesa. Nesse sentido, a CML definiu como pontos de recolha de donativos em géneros mais prioritários os quartéis do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB) da cidade, sendo um deles na freguesia de Santa Clara: Alta de Lisboa - Rua Vasco da Gama Fernandes.

Pode também entregar o seu donativo nos Sapadores da D. Carlos I, Martim Moniz, Graça, Defensores de Chaves, Santo Amaro, Monsanto, Alvalade, Benfica, Marvila e Encarnação.

De acordo com as autoridades moçambicanas, os donativos em géneros mais prioritários para as populações afetadas são os seguintes:

- Medicamentos, essencialmente para infeções gastrointestinais e analgésicos; - Produtos alimentares enlatados com período de validade prolongado; - Produtos para o tratamento de água; - Produtos de higiene pessoal; - Produtos de limpeza de instalações.